segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Te odeio, te amando. Mas um dia eu te largo!

Fétido
Nauseabundo
Inconstante
Brega
Quase ilegal
Poluidor
Execrado por muitos
Maldito!

Te odeio
te amando
após o almoço
após os cafés
e antes
Guardado
no bolso do peito
Do lado esquerdo(!)
cOf, CoF, Cof, coF
Acendo mais um.

E lentamente me tiras o fôlego
Até eu tomar vergonha
e te largar para sempre!

Pintura de uma Área de Fumantes - Local desconhecido

Um dia, ei de ser um dos que estão lá em cima!

4 comentários:

Anônimo disse...

Pois neste dia que largar para sempre, terei por tu mais orgulho do que hoje já tenho. Você é uma pessoa muito sábia.

Rodrigo disse...

Mas melhorarei!
Ah... esses anônimos! A-DO-RO!
Apareça sempre!
Abraços e obrigado pela visita!

Janelas Entreabertas disse...

um dia te largo tem sempre cara de eu te amo e não me admito, ou de tenho tesão, a cama é boa, mas tu é sacana, quem sabe um dia todos larguem!

Rodrigo disse...

Adoro quando me descobrem! huahuahuauhahuahua
Vamos nos largar sim, afinal, vão-se as coisas boas e ficam as maldades! rs
Obrigado pela visita!!!
Beijos